Temer perde mais dois ministros

0

 

Os dois ministros do PPS, Raul Jungmann, da Defesa, e Roberto Freire, da Cultura, entregaram seus cargos; antes deles, o tucano Bruno Araújo, das Cidades, também pediu demissão; governo golpista derrete e Michel Temer deve renunciar hoje; PPS deve seguir a bancada e defender diretas já – o desejo de praticamente 100% dos brasileiros

Os dois ministros do PPS, Raul Jungmann, da Defesa, e Roberto Freire, da Cultura, entregaram seus cargos.

Antes deles, o tucano Bruno Araújo, das Cidades, também pediu demissão.

Governo golpista derrete, mas  Michel Temer  não renunciou hoje como era esperado.

Em caso de renúncia, sem foro privilegiado, seria preso imediatamente. Essa foi a motivação da não renuncia durante o discurso na tarde desta quinta-feira (18).

PPS deve seguir a bancada e defender diretas já – o desejo de praticamente 100% dos brasileiros.

A bancada do PPS na Câmara defende a renúncia do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas para Presidência da República, afirmou nesta quinta-feira (18) o líder do PPS na Casa, deputado Arnaldo Jordy (PA).

O líder defendeu a aprovação de PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de autoria do deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) que, na prática, permite a realização de eleições diretas para presidente. Hoje, se o cargo ficar vago, a Constituição prevê que o novo presidente seja escolhido por eleição indireta.

Fonte- Brasil 247

Com adptações

Compartilhe.

Sobre o autor

Deixe um comentário