Só 9% dos brasileiros acham que País melhorou com a prisão de Lula

0

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira 8 aponta que para 66% dos brasileiros, o Brasil “permaneceu igual” depois da prisão do ex-presidente Lula, e para 22,3%, o País “piorou”. Apenas 9% acreditam que o Brasil melhorou depois que Lula foi detido. A pesquisa foi feita com 2.002 eleitores em 154 municípios de 26 Estados e Distrito Federal entre os dias 27 de abril e 2 de maio.

A prisão do maior líder político brasileiro e primeiro em todas as pesquisas de intenção de voto à presidência pode ser um tiro no pé de quem o persegue se a intenção era passar uma imagem do ápice do combate à corrupção.

Lula foi condenado e preso no processo do triplex do Guarujá sem provas na sentença de Sergio Moro. A pena foi elevada de 9 anos e 6 meses para 12 anos e 1 mês quando a condenação foi confirmada em segunda instância, no TRF-4, e agora recursos da defesa correm em instâncias superiores.

A pesquisa diz ainda que, na percepção de 40,5% dos entrevistados, “os políticos brasileiros terão mais cuidado para não se envolver em casos de corrupção” depois da prisão de Lula, enquanto para 38,6% eles “continuarão se comportando como sempre se comportaram”. Para 18,9%, “os políticos brasileiros vão
se envolver em mais casos de corrupção”.

Em uma questão sobre o comportamento do Judiciário, para 44,7% “a justiça brasileira vai aumentar a punição dos políticos envolvidos em casos de corrupção”, mas para 40,9% a justiça “vai continuar a agir como sempre agiu com relação aos políticos”. 10,4% acreditam ainda que a Justiça “vai dar menos atenção à punição de políticos envolvidos em casos de corrupção”.

Por: Brasil 247

Compartilhe este artigo.

Sobre o autor

Deixe seu comentário