Ritmos musicais diversos agitaram festa de aniversário da capital na Esplanada

0

aniversário de 58 anos de Brasília foi comemorado com shows de ritmos variados na Esplanada dos Ministérios na noite deste sábado (21) por cerca de 7 mil pessoas (segundo a Polícia Militar do Distrito Federal).

Às 18 horas, Sabrina Vaz subiu ao palco com forró pé-de-serra. Depois, a Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro (Aruc) levou samba para um público de aproximadamente 3,5 mil no momento da apresentação.

“É uma honra para nós participar deste evento, porque é um reconhecimento da nossa tradição como escola de samba na cultura de Brasília”, disse o presidente da Aruc, Moacyr Oliveira Filho, o Moa.

Na sequência, a cantora Preta Gil fez o público dançar com funk e samba.

As irmãs Kassandra, de 17 anos, e Danyella Veríssimo, de 9, saíram de Valparaíso para vê-la. “Vim para celebrar a cidade e curtir um bom som”, disse Kassandra, que levou a caçula para o primeiro show. Elas estavam acompanhadas do namorado da mais velha, o carpinteiro Wedson Gabriel dos Santos, de 20 anos.

Às 22h15, fechou a programação o expoente do forró eletrônico do Nordeste Xand Avião. “Os brasilienses são o público do Brasil que mais escuta a minha música, é um presente para mim também, e não só para Brasília”, disse.

Entre as atrações, o DJ Emídio manteve a animação com remixes de funk e música eletrônica.

De acordo com a Polícia Militar, houve duas apreensões — uma por simulacro e outra por encontrarem um indivíduo com objeto furtado de veículo em outro local.

Comemoração dos 58 anos de Brasília segue no domingo (22)

Neste domingo (22), a comemoração continua na Esplanada, com destaque para a cultura hip-hop. Os GOG e X Câmbio Negro, de Ceilândia esquentarão o espaço para Mano Brown, integrante do grupo paulista Racionais MC’s, atração nacional de destaque do dia.

Antes deles, o rapper cearense Rapadura Xique Chico abrirá o show às 15 horas e será seguido pela dupla do mesmo estilo musical Donos da Rima. Para manter o estilo hip-hop, o DJ Pegada Black Dança e Cia. tocará entre as apresentações.

Os artistas locais foram selecionados por meio de chamamento público. Cada grupo recebeu R$ 10 mil e os DJs, R$ 2 mil, em um total de R$ 64 mil para cachês. A seleção foi feita pela organização da sociedade civil Cia. Voar de Teatro de Bonecos.

De acordo com a Secretaria de Cultura, os cachês custaram R$ 500 mil.  O valor total do investimento é de R$ 1,6 milhão.

Aniversário de Brasília é organizado pelo Capital Cultural

As iniciativas culturais que celebram os 58 anos de Brasília são organizadas pela Cia Voar de Teatro de Bonecos, organização da sociedade civil que foi escolhida por meio de edital do Chamamento Público n° 19 do projeto Capital Cultural, publicado no Diário Oficial do DF em 25 de outubro.

A entidade também foi responsável por promover as atividades culturais do 8º Fórum Mundial da Água. O valor do contrato da parceria é de R$ 280 mil.

Por: Agência Brasília

Compartilhe este artigo.

Sobre o autor

Deixe seu comentário