Politica

Sindicatos protocolam ação de improbidade contra Rollemberg

rollemberg-anuncia-sergio-sampaio-para-o-lugar-de-doyle-na-casa-civil

Por João Gabriel Amador e Guilherme Pera

Onze entidades sindicais protocolaram ação por improbidade administrativa contra o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e quatro secretários de Estado: Leany Lemos, de Planejamento, Orçamento, Gestão Administrativa e Desburocratização; Fábio Gondim, de Saúde; Pedro Meneguetti, da Fazenda; e Júlio Gregório, de Educação. O motivo é o não pagamento dos reajustes salariais a 32 categorias do serviço público do DF, concedidos pela gestão Agnelo Queiroz (PT), em 2013.

Na ação, há um pedido de liminar para que os pagamentos sejam iniciados imediatamente. O socialista disse, na última sexta-feira (23), que vai começar a conceder os aumentos em outubro de 2016. E não citou retroativos, um pedido dos sindicatos. Com a insatisfação generalizada, deputados distritais prometeram não votar projetos de aumento na arrecadação — tidos pelo Executivo como fundamentais para poder pagar os salários com aumento a partir do ano que vem. E segue o impasse.

Por meio de nota, o GDF afirmou que só vai se manifestar após tomar conhecimento do teor da ação.