Politica

Quem ganhou com as manifestações

aqsw

 

 

Por – Ataíde Santos

Peço desculpas de antemão pela grosseria das palavras, mas no momento é o que me resta dizer: Diz um ditado popular, usado por pessoas menos providas de qualquer polidez, elegância,  educação e digamos até de moralidade: Chapéu de otário é marreta.  Perdoem-me  os mais sensíveis, mas é,  repito,  o que me resta dizer após ver os acontecimentos dos últimos dias no Brasil.

 

Enquanto o mundo acredita no Brasil e na forma como está sendo  administrado, os brasileiros se deixaram manipular pela Globo. Acreditaram na existência de uma crise e não atentaram para o fato de que estavam sendo chamados à criá-la. Os mais espertos (como reza o jargão dos de má índole) viram ali a oportunidade de explorar um pouco mais a boa fé de tantos.

Foram usados os mais diversos ardis. Desde peças do judiciário  até ingênuos que colocam num mesmo balaio Hitler e Simon Bolivar. Discursos ditos nacionalista em inglês (com tradução simultânea), mulheres nuas e até alguns, pedindo em nome da liberdade, a volta da ditadura.

“Sonegação não é corrupção”, dizia um cartaz nas minguadas manifestações desse domingo (12). Sim, minguadas, talvez porque alguém,  num insight divinal  já tenha começado a perceber que o papel que estavam exercendo na historia não era o de protagonistas, mas de figurantes de um filme de terceira.

Ou será que perceberam  o tiro que deram no próprio pé ao apoiarem a eleição do Eduardo Cunha, principal responsável pela aprovação da  lei da terceirização, que é um retrocesso à CLT construída à custa de tanto sacrifício?

Apoiam a lava jato e desconhecem a existência da Zelotes e da Suissleaks. Apoiaram Joaquim Barbosa e agora o juiz Moro contra o governo, e não percebem que estão apoiando a quem lhe quer cavar o túmulo, num desemprego humilhante e numa inflação fabricada com o proposito de favorecer a especulação  financeira.

Que dirão os que bateram panelas, gritaram fora Dilma diante da televisão? Os que apoiaram e gritaram privatização já, ao verem hoje, em menos da metade do mês, as ações daquela estatal subirem 50% ? Ao perceberem que quem mais ganhou dinheiro nesse negócio foram exatamente os que o incentivava a ir às ruas?  Que foram joguetes nas mãos de pessoas inescrupulosas que os usaram para derrubar o preço das ações e agora  enchem o bolso de dinheiro com a valorização da Petrobrás.

Agora, que fiz o meu desabafo, reconheço: Não são otários os que gritaram, ou mugiram, foram simplesmente, tolos, como foram treinados a ser.