Politica

Desconhecimento ou crítica por crítica?

 

alberto-fraga

 

Nota na coluna de Eduardo Brito informa que o candidato a deputado federal e presidente regional do DEM, Alberto Fraga, começa a centrar sua campanha na segurança pública, hasteando as bandeiras do combate aos crimes praticados por menores e da crítica ao auxílio-reclusão, entre outros. Esse auxílio consiste no pagamento mensal de no máximo R$ 929 para os presidiários devidamente inscritos na previdência social e  que é repassado a seus familiares. Para Fraga, esse desembolso constitui um absurdo, uma vez que beneficia a família de criminosos, enquanto as vítimas deles nada recebem. Como informa Eduardo Brito, Fraga pretende cobrar que, se as autoridades quiserem continuar com o auxílio-reclusão, ao menos passem a pagar o mesmo valor às famílias de vítimas também.


Será desconhecimento da causa? Não acredito. É a crítica por crítica.  Diferentemente do que deixa transparecer, o benefício não é uma “bondade” do governo. Basta uma  pequena pesquisa no site da Previdência Social  para se ver o que   de fato é o auxílio reclusão e a quem é devido.

Esse tipo de crítica sacada  pelo Fraga, em nada contribui para o esclarecimento da população, muito pelo contrário.

E finalmente, inspirado pelo próprio candidato é nossa vez de dizer:

“Candidato, respeite o eleitor!”