Politica

Ajufe: ‘Dilma pressiona Congresso a descumprir Constituição Federal’

Foto
PRESIDENTE DA AJUFE, GABRIEL WEDY
A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) impetrou nesta quinta (2) um novo Mandado de Injunção no Supremo Tribunal Federal (STF) acusando o Poder Legislativo de se omitir em votar o Projeto de Lei que concede reajuste ao Judiciário. Segundo o presidente da associação, Gabriel Wedy, “a presidenta Dilma está pressionando o Congresso Nacional para que não cumpra a Constituição”. “É importante que a Dilma saiba que, a característica de uma democracia é que se prevaleça a vontade da lei e não a vontade pessoal da presidenta da República”, afirmou. Confira entrevista exclusiva concedida nesta sexta (3):

Qual o maior impedimento para a aprovação do reajuste?
A presidente Dilma está pressionando o Congresso para que não cumpra a Constituição. É importante que ela saiba que a característica de uma democracia é que se prevaleça a vontade da lei e não a vontade dos homens. A vontade pessoal da presidenta da República não pode prevalecer sobre o texto constitucional. A cada ano o Judiciário arrecada, só nas varas, R$ 10 bilhões. Então, ela também descumpriu a Constituição ao não enviar ao Supremo a proposta de 7,7% desse valor para ser executado em 4 anos. Causa estranheza que o poder executivo tenha R$ 203 bilhões para pagar pessoal sendo que 22 mil servidores são cargos em comissão que recebem cerca de R$ 21 mil sem concurso público.O que farão se o reajuste não for concedido?
Acreditamos que se adote uma postura de diálogo – uma agenda positiva com os demais poderes para que se possa cumprir a Constituição, não há opção para a presidenta.

O Congresso vem se omitido há quanto tempo?
Desde 2005 os juízes só tiveram 8% de revisão.