PF apura desvios de quase R$ 400 milhões na Caixa

0

Agentes da Polícia Federal em Brasília estão cumprindo 10 mandados de busca e apreensão por meio da Operação Backbone, que apura desvios de cerca de R$ 400 milhões em recursos públicos por meio de contratos na área de tecnologia da informação (TI) da instituição.

Segundo os investigadores, empresas do setor de TI pagavam serviços inexistentes para uma empresa de consultoria de um ex-funcionário da Caixa, que em seguida repassava os valores contratados aos envolvidos.

“As investigações apontam que empregados da CEF, juntamente com o sócio administrador da empresa de consultoria, receberam vantagens indevidas repassadas por empresas de TI, com a finalidade de cometer irregularidades na formalização e fiscalização dos contratos dessas empresas com a CEF”, disse a PF em nota. Ainda segundo a PF, os contratos suspeitos somam cerca de R$ 385 milhões.

Os acusados responderão pelos crimes de corrupção ativa e passiva, além de participação em associação criminosa.

Por: Brasil 247

Compartilhe.

Sobre o autor

Deixe um comentário