Metrô amanhece fechado nesta segunda-feira

0

Por falta de funcionários, o Metrô/DF parou as atividades enquanto o Sindicato dos Metroviários (Sindmetrô) não disponibilizar servidores. A categoria diz haver quantitativo suficiente para o funcionamento dos trens. De acordo com o Metrô/DF, os trens voltam a circular se houver pelo menos 75% dos trabalhadores disponíveis. A assessoria de comunicação da estatal afirmou que a justiça estipulou efetivo mínimo de 90%, segundo informação publicada no Correio. O metrô está há 11 dias com movimento alterado ou completamente fechado.

O Sindmetrô acusa a empresa de não negociar a escala da greve e em consequência não chegar a um acordo sobre o número de funcionários que devem trabalhar durante a paralisação.
O Metrô/DF disse que apenas 26 agentes de estação necessários para a reabertura estavam a postos durante a manhã – o mínimo necessário era de 66. De acordo com a empresa, neste domingo (19), quando o acordo previa a disponibilização de 45 funcionários na escala, nenhum servidor apareceu.
Até a tarde desta segunda-feira (20) deve haver uma reunião para definir a reabertura das estações.
Por: Brasil 247
Compartilhe.

Sobre o autor

Deixe um comentário