Ciência Holístico Medicina alternativa

O princípio básico do equilíbrio emocional

Nossas emoções são poderosas. São elas que geram nossas ações e que conduzem nosso destino. Por mais que tenhamos uma mente racional, ela pode se perder ao ser tomada por uma poderosa onda emocional. Também pode ocorrer que não conheçamos nossas emoções, que não saibamos nomear as sensações emocionais que temos. Esta última pode gerar muitas desarmonias, porque quando não entendemos nossas emoções, elas reverberam no corpo, gerando assim doenças. Nesse texto vamos falar sobre como encontrar um equilíbrio emocional através de um princípio básico.

A falta de conhecimento emocional

Nossas emoções são poderosas, mas quando não as conhecemos ou quando as ignoramos, elas podem ser prejudiciais. Isso porque elas podem refletir em nosso corpo, tornando-se doenças; ou em nossos comportamentos, transformando-se em ações nocivas. A agressão é o não conhecimento da raiva. Já se sabe muito que o câncer possui uma grande correlação com a mágoa e o rancor. Essas emoções, quando negadas ou não sentidas, geram esses problemas em nossa realidade.

Muitas pessoas têm sensações físicas, como um aperto no peito, ou tremores ou uma “sensação ruim”, que na verdade são as emoções não simbolizadas, não identificadas pelo aparelho psíquico e que afetam o corpo.

O princípio básico

Precisamos conhecer nossas emoções, saber o que sentimos. Para isso, precisamos realizar o registro dessas emoções em nosso psiquismo. Precisamos aprender a conhecer nossas emoções. Precisamos olhar para elas e não apenas senti-las no corpo e ignorá-las.

Para que isso aconteça, primeiro precisamos conhecer as emoções e como elas são. Começamos, então, sabendo que precisamos nomear cada emoção que sentimos: alegria, felicidade, raiva, rancor, tristeza, nojo, determinação, etc. Ao nomearmos as emoções, estamos dando um símbolo às sensações que temos em nosso corpo.

Após fazer isso, é necessário que tenhamos conhecimento de onde elas surgem. O que origina a raiva em seu interior? O que te faz ficar triste? De onde vem a emoção que sente? Esse é o princípio básico: conhecer suas emoções e saber quando e de onde elas vêm.

Acabe com a autossabotagem emocional

Uma ajuda vai bem

Questionar-se é uma forma de refletir sobre a emoção. Não é uma tarefa fácil e, muitas vezes, precisaremos de ajuda para isso. Se você não é uma pessoa que possui um nível de visão interior, pode solicitar que outra pessoa lhe ajude nesse tema. Terapeutas, psicanalistas e psicólogos auxiliam você nesse sentido.

Uma terapia sempre vai trabalhar em cima de suas emoções, fazendo você refletir sobre aquilo que aconteceu e qual a carga emocional que hoje afeta sua vida. Se não tratamos nossas emoções, elas continuam a nos afetar. As emoções podem estar camufladas por ganhos que temos e não nos damos conta delas. Mas se olharmos com profundidade e cuidado em direção ao nosso coração, veremos o quanto podemos ter coisas guardadas, que nem nos dávamos por conta. Essas coisas podem ser tanto positivas, quanto negativas, mas, ao descobri-las, você terá um efeito libertador em sua vida.

Aprenda a se conhecer. Se continuar negando suas emoções, estará desperdiçando duas ótimas oportunidades: a de conhecer suas maravilhosas emoções e a de conhecer uma pessoa fantástica: você mesmo. Conheça a si mesmo e liberte-se das amarras dos comportamentos automáticos.

Print Friendly, PDF & Email

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário