Lula diz que mídia não conseguiu destruí-lo

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou, em sua redes sociais, uma análise da pesquisa Ipsos, que o apontou como o político com maior aprovação popular do País e alfinetou os meios de comunicação que se dedicam, dia e noite, à destruição de sua imagem.

“Apesar da intensa perseguição política e midiática contra o ex-presidente, dos 20 políticos citados na pesquisa, Lula é quem apresenta 38% de aprovação entre os entrevistados”, disse Lula.

Na análise de Paulo Nogueira, editor do DCM, a pesquisa Ipsos revelou a incapacidade da mídia brasileira em destruir o ex-presidente. “Quanto mais a mídia bate, mais Lula cresce”, diz ele (leia mais aqui).

“O que parece claro é que, quanto mais se agrava a crise política e econômica brasileira, mais Lula surge como uma esperança de reencontro com tempos bem melhores. Contra isso, não há nada que a imprensa possa fazer. Os números altos de Lula são uma tragédia para a mídia. Não apenas porque as empresas jornalísticas o abominam, mas sobretudo por mostrarem a perda de influência de jornais, revistas etc”, afirma ainda o jornalista.

Leia, abaixo, a análise de Lula sobre a pesquisa:

Do site Lula.com.br O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o político com maior índice de aprovação no Brasil. É o que revela a pesquisa nacional Ipsos, divulgada nesta quinta-feira (30), pelo jornal O Estado de São Paulo.

Apesar da intensa perseguição política e midiática contra o ex-presidente, dos 20 políticos citados na pesquisa, Lula é quem apresenta 38% de aprovação entre os entrevistados.

A pesquisa revela também que o presidente Michel Temer conta com 78% de desaprovação e, para 90% dos entrevistados, o Brasil está no “caminho errado”.  Renan Calheiros (PMDB) apresentou 83% de desaprovação e Eduardo Cunha, 87%.

Outra pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), em fevereiro deste ano, mostrou que o ex-presidente Lula lidera em todos os cenários para a eleição presidencial de 2018. No primeiro turno, Lula lidera nos três cenários pesquisados. Se os adversários forem Marina Silva, Jair Bolsonaro, Aécio Neves, Ciro Gomes e Michel Temer, Lula teria 30,5% dos votos. No segundo turno, Lula vence os adversários em todos os cenários: vence Aécio por 39,7% a 27,5%, Marina por 38,9% a 27,4% e Temer por 42,9% a 19%.

Nesta pesquisa, foram ouvidas 2.002 pessoas, em 138 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões, com margem de erro de 2,2 pontos percentuais e nível de confiança de 95%.

Por: Brasil 247

Compartilhe.

Sobre o autor

Deixe um comentário