Laerte Bessa critica governador Rodrigo Rollemberg no plenário da Câmara

0

 

O deputado federal Laerte Bessa (PR-DF) criticou, nesta quarta-feira (16), a gestão do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. Em discurso feito no plenário da Câmara, o parlamentar enumerou as promessas de campanha que não foram cumpridas e apontou graves episódios relacionados à Operação Lava Jato da Polícia Federal.

“Esse governador não nos representa. O Rollemberg se intitula como o político mais honesto de Brasília mas infelizmente seu amigo Mouhamad Moustafá, conhecido por Barão das OSs’a foi condenado há 15 anos e quatro meses de prisão. Ele doou R$ 600 mil para campanha do governador”, ressaltou Laerte Bessa.

O deputado ainda lembrou que o nome de Rollemberg foi citado pelo empresário e ex-diretor da J&F Ricardo Saud em sua delação no âmibito da Operação Lava Jato da Polícia Federal. “O governador esquece que está envolvido na Lava Jato e é investigado por recebimento de propina da JBS”, reforçou.

Promessas de campanha

Em seu discurso, Bessa relembrou as promessas de campanha que até hoje não foram cumpridas pelo governador do DF.

“Queria perguntar para o Rodrigo Rollemberg o que é honestidade? Honestidade é matar pessoas nas portas dos hospitais? Faltar ônibus para transportar alunos da rede pública? Deixar estudantes sem merenda? Dar as costas para a segurança pública?”, questionou Laerte Bessa.

O deputado lamentou o aumento da violência em Brasília que, segundo ele, “está entregue aos bandidos”.

“O senhor mentiu quando se candidatou. Disse que ia dar a paridade da Polícia Civil com a Polícia Federal e até hoje não concedeu. Prometeu aumento para a Polícia Militar e Bombeiros e nada. O senhor não tem credibilidade”, concluiu.

Assista aqui ao discurso na íntegra.

Compartilhe este artigo.

Sobre o autor

Deixe seu comentário