Homem da Mala reclama da prisão e quer volta à Papuda

0

O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), o “Homem da Mala” de Michel Temer, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja transferido da carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília para o 19º Batalhão da Polícia Militar do DF ou até mesmo voltar para a Papuda “por sua conta e risco”.

Loures obteve autorização para deixar a Papuda na última quarta-feira após alegar que sua vida corria perigo no presídio. Agora, a defesa do ex-deputado pede ao ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no STF, para que ele deixe as instalações da PF argumentando que “não existem condições mínimas necessárias de saúde, como banho de sol e higiene pessoal, uma vez que não possui sequer banheiro”.

Fachin deu três dias para que a Polícia Federal preste informações sobre as condições da carceragem. O ministro assinalou, porém, no mesmo despacho, que o bem mais importante a ser protegido é a vida do custodiado, referindo-se à saída da Papuda requerida pelo próprio Rocha Loures.

“O Estado deve privilegiar a integridade física do custodiado em perigo, mesmo que isso implique outras restrições, como a permanência provisória em estabelecimento policial não idealizado para cumprimento de pena, mas que nas atuais circunstâncias, revelou-se, ao menos em um primeiro momento, a opção segura e, portanto, apta a garantir o bem alegadamente em risco”, declarou Fachin no documento.

Por: Brasil 247

Compartilhe.

Sobre o autor

Deixe um comentário