Geral

GDF anuncia ‘força-tarefa’ para limpar bocas de lobo das principais vias

Presos devem atuar na limpeza de Plano Piloto, Taguatinga e Ceilândia. Novacap contratou empresas  por R$ 10 milhões; ação é ‘complementar’

Com a chegada da temporada de chuvas, o governo do Distrito Federal anunciou que fará uma força-tarefa a partir da próxima segunda-feira (28) para limpar e desobstruir bueiros e bocas de lobo na região central de Brasília. O trabalho, segundo o governo, é “complementar” aos contratos feitos com cinco empresas privadas e que vão custar R$ 10 milhões aos cofres públicos.

De acordo com a Secretaria de Cidades, que coordena a ação, os grupos de limpeza são formados por 60 presos em regime fechado, que podem ter redução da pena com a prestação do trabalho. A partir das 9h de segunda, eles farão a retirada de lixo e entulho “nas regiões que, tradicionalmente, passam por alagamentos”.

Nos primeiros dez dias, eles devem atuar simultaneamente na W3 Sul e Norte, na L2 Sul e Norte e nos Eixos L  e W. Em seguida, vão para as vias de maior circulação de carros em Taguatinga e em Ceilândia.

Segundo o governo, o DF tem 4 mil quilômetros de redes pluviais, com 170 mil bocas de lobo. A secretaria informa que vai contar com o apoio da Novacap para desobstruir, com uso de máquinas, bueiros que continuarem entupidos após a remoção do entulho.  As estruturas que estiverem danificadas, como tampas e grades, serão repostas.

Contratos
No dia 14 de novembro, cinco empresas contratadas pela Novacap começaram a prestar serviços de limpeza de bueiros e bocas de lobo no Distrito Federal. A contratação de um ano, que vai custar R$ 10,4 milhões ao GDF, foi motivada pela falta de efetivo da Novacap e para atender todas as regiões administrativas do DF.

Na época, a Novacap informou que contava com apenas três equipes próprias, com 10 pessoas cada, que atuavam pontualmente em alguns locais. Dos 2,2 mil funcionários da companhia, menos de cem atuavam na construção e na manutenção das galerias que captam a água das chuvas.

A Secretaria de Cidades informa que a atuação da pasta é “paralela” ao trabalho desenvolvido pela Novacap. “Os contratos da Novacap não chocam com os nossos, porque a cidade é muito grande. Focamos na área central de Brasília e nas avenidas mais movimentadas, que sempre têm alagamento. A Novacap tem ação mais direcionada às regiões administrativas”, informou a pasta.

Além da Secretaria das Cidades, a Administração Regional de Brasília, a Novacap, o SLU, o Detran, o DER e o programa Mãos Dadas, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, participam da ação.

Publicado originalmente por: G1

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário