Entretenimento

Hugh Jackman revela suas inspirações para o filme Wolverine; estreia no Brasil será nesta quinta-feira

Em recente entrevista para promover LoganHugh Jackman revelou suas inspirações para dar vida a Wolverine pela última vez.

Para viver um mutante envelhecido e cansado na trama futurista, situada em 2029, o ator disse ter se espelhado em ícones da música e do cinema. Entre eles, Clint Eastwood e seu Bill Munny em Os Imperdoáveis; Mickey Rourke e seu Randy ‘The Ram’ Robinson em O Lutador; e o cantor Johnny Cash.

Especula-se que o último filme de Hugh Jackman como Wolverine tenha abertura de cerca de US$ 60 milhões em solo americano e US$ 170 milhões pelo mundo no seu primeiro fim de semana.

Se os números se confirmarem, Logan conquistará a segunda maior abertura doméstica de um filme solo do Wolverine, atrás apenas de X-Men Origens: Wolverine, que debutou com US$ 85 milhões em 2009.

Logan mostra o mutante e o Professor Charles Xavier tentando lidar com a perda dos X-Men enquanto tentam impedir uma corporação liderada por Nathaniel Essex de destruir o mundo. As habilidades mutantes de Logan estão cansadas e o Alzheimer do Professor Xavier está fazendo-o esquecer dos X-Men, e Logan acaba se aliando à Laura Kinner, clone feminino de Wolverine, para encontrar Nathaniel.

Dirigido por James Mangold (Wolverine – Imortal), Logan chega aos cinemas brasileiros nesta quinta, 2 de março.

 

Com informações do portal Observatório do Cinema.