Chomsky: com Lula, Brasil virou um dos países mais respeitados do mundo

0

O filósofo e linguista norte-americano Noam Chomsky, que assinou o manifesto em defesa da candidatura Lula, avaliou que o Brasil virou um dos países mais respeitados do mundo durante o governo do petista.

Em entrevista concedida a Alessandra Monnerat, Andre Klojda, Caio Sartori e Igor Moraes, publicada no jornal O Estado de S.Paulo neste domingo, ele avalia que os governos de esquerda recentes da América Latina “alcançaram muitas conquistas importantes, tanto em nível nacional como internacional”.

“Isso foi particularmente verdadeiro no caso do Brasil, que durante o governo Lula se tornou um dos países mais respeitados do mundo, por bons motivos”, comentou.

Para ele, “também houve falhas graves, entre elas a falta de diversificação da economia e a extrema corrupção, que persistiu de anos anteriores. Não há razão para que tais falhas não possam ser superadas”.

Chomsky comentou também que a liberdade oferecida na internet “permite o discurso de ódio” e destacou que, nos Estados Unidos de Donald Trump,  “pronunciamentos de racismo, supremacia branca, misoginia e ultranacionalismo de Trump forneceram legitimação implícita para discursos e ações repulsivas e nocivas, que anteriormente eram suprimidas e marginalizadas. Em menor grau, isso tem acontecido de forma similar em outros lugares”.

Por: Brasil 247

Compartilhe este artigo.

Sobre o autor

Deixe seu comentário