Brasil

Um ano sem Marielle, um ano sem saber quem mandou matar

Quem mandou matar Marielle? A pergunta segue sem resposta, um ano após a execução da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes em 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro. Apesar da prisão do policial reformado Ronnie Lessa e do ex- policial militar Elcio Vieira de Queiroz no último dia 12, o mandante do crime ainda é desconhecido.

Para cobrar respostas sobre o caso e justiça para milhares de crimes que ocorrem nas periferias, principalmente contra negros e pobres, serão realizados atos políticos em diversos países. Referência na defesa dos direitos dessa população, Marielle se definia nas redes sociais como “Mulher negra, cria da Maré e defensora dos Direitos Humanos”.

Dezenas de capitais brasileiras já realizaram manifestações ao longo da semana. Em São Paulo, o ato “Justiça para Marielle – vidas negras e periféricas importam” acontece nessa quinta-feira (14) e começa às 17h na Praça Oswaldo Cruz. Está prevista uma aula pública sobre o legado de Marielle conduzida por Jupiara Castro do Núcleo de Consciência Negra e da deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL).

Os artistas confirmados para o ato da capital paulista são o grupo Clarianas, Sarau das Pretas, Coletivo Negro, Cabaré Feminista, Bloco do Fuá e Luana Hansen. A caminhada até o prédio da Presidência na Avenida Paulista deverá ser conduzida pelo grupo Ilú Obá de Min.

Confira a agenda de atos marcados para esta quinta:

Rio de Janeiro (RJ)

Amanhecer por Marielle e Anderson – RJ, 6h

Festival Justiça Por Marielle e Anderson ::. 14/03, 8h

Zona Oeste por Marielle Franco, Praça do Ringue, Santa Cruz, 10h

Celebração Marielle Semente, 13h

Aula Magna: Eu Sou Porque Nós Somos, Praça Cinelândia, 14h

Carolina, Abdias e Marielle: Vidas, Ancestralidade e Continuação, Centro de Artes da Maré, 15h

Marcha contra o genocídio negro! SOMOS Marielle Franco!, Alerj, 17h

Cabo Frio (RJ)

Pela memória e justiça de Marielle!, Praça Porto Rocha, 17h

Campos (RJ)

Mesa: Um ano da morte de Marielle Franco – quem matou Marielle?, Instituto Federal Fluminense (IFF Campos), 18h30

Brasília (DF)

365 dias sem Marielle [DF], distribuição de placas Rua Marielle Franco, Praça Zumbi dos Palmares, 12h

Lançamento do livro UPP: a redução da favela a três letras, Foyer do plenário do CLDF, 17H

Sessão solene em Memória de Marielle Franco, Plenário do CLDF, 19h

Campo Grande (MS)

Por que mataram Marielle Franco?, Concha Acústica, 8h

João Pessoa (PB)

Festival Marielle Vive, Parque da Lagoa, 9h30

Natal (RN)

Marielle, presente! O legado dela está mais vivo do que nunca., Auditório do DECOM/UFRN, 13h

14M – Por justiça e pela memória de Marielle Franco, Calçadão do Midway. 17h

São Bernardo (SP)

Ato Marielle Vive, Praça da Matriz, 14h

Aracaju (SE)

14M Aracaju – Marielle Vive!, Câmara dos Vereadores de Aracaju, 16h

Sessão Solene em memória de Marielle Franco, Câmara Legislativa do Distrito Federal, 17h

Fortaleza (CE)

Amanhecer por Marielle, Praça da Justiça, 6h

Ato Marielle Vive!, Praça da Gentilândia, 17h

Marielle, presente! De três letras a uma só voz, Auditório Valnir Chagas FACED – UFC, 19h

Belo Horizonte (MG)

Semana Marielle Franco UFMG, UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais, 17h (de 11 a 15 de março)

Marielle Vive! Um ano de Saudade e Lutas!, Praça Sete De Setembro, 17h30

São Paulo (SP)

Justiça para Marielle: vidas negras e periféricas importam! 14M, Av. Paulista praça Oswaldo Cruz, 17h

Marielle Vive, Nós Também! Pelo direito à vida das mulheres!, Estrada do M’Boi Mirim, 18h

Bauru (SP)

Justiça por Marielle! Quem matou e quem mandou matar?, em frente a Câmara Municipal, 17h

Porto Alegre (RS)

Março Feminista! Justiça para Marielle: 1 ano sem resposta, Esquina Democrática, 18h

Pelotas (RS)

Um Ano Sem Marielle Franco, Chafariz do Calçadão, 17h30

Manaus (AM)

Simpósio e Aula pública – Marielle virou semente – ato em memória de Marielle Franco, Casa das Artes, 15h

Internacional:

Buenos Aires, Argentina

14M: Florecer por Marielle Franco, Obelisco, 18h

Paris, França

Marche pour Marielle Franco, Place de l’Opéra, 14h (10h, horário de Brasília)

Berlim, Alemanha

Marielles Vermächtnis, Rosa-Luxemburg-Stiftung, 16h (12h, horário de Brasília)

Celebrating the Life of Marielle Franco, Afropolitan Berlin, 19h ( 15h, horário de Brasília)

Amsterdã, Holanda

Justice for Marielle Franco, Dam, 16h (12h, horário de Brasília)

Genebra, Suíça

Rassemblement en mémoire de Marielle Franco, Place des Nations, 18h (14h, horário de Brasília)

Bern, Suíça

Kundgebung zum Gedenken an Marielle Franco, Waisenhausplatz, 18h (14h, horário de Brasília)

Bolonha, Itália

Marielle presente! – Giustizia per Marielle Franco, Piazza Giuseppe Verdi, 18h (14h, horário de Brasília)

Madri, Espanha

Justicia para Marielle, Embajada de Brasil en Madri, 18h30 (14h30, horário de Brasília)

Melbourne, Austrália

Solidarity: The legacy of Marielle Franco, State Library of Victoria, 19h (5h, horário de Brasília)

Londres, Reino Unido

Vigília em memória de Marielle Franco, Embassy of Brazil in London, 18h (15h, horário de Brasília)

Nova Iorque, EUA

Honoring Marielle Franco-with Marcia Tiburi and Adjoa Jones, NYU Institute for Public Knowledge, 18h (17h horário de Brasília)

Boston, EUA

Marielle Presente em Boston, Harvard University Robinson Hall, 19h (18h, horário de Brasília)

Los Angeles, EUA

Round-table: Structural Racism and Marielle Franco’s Legacy, UCLA, 20h (16h, horário de Brasília)

Oakland, EUA

Rally in Honor of Marielle Franco, Oscar Grant Plaza, 22h30 (18h30, horário de Brasília)

Montreal, Canadá

Marielle Presente! Anderson Presente!, Place des Arts, 16h (15h, horário de Brasília)

Ottawa, Canadá

Remembering Marielle Franco & Anderson Gomes, Prime Minister’s Office, Elgin & Wellington, 17h (18h, horário de Brasília)

Montevidéu, Uruguai

Un año sin Marielle Franco, Facultad de humanidades, 17h30

16/03

Nova Iorque, EUA

Marielle Franco – The Legacy of a Powerful Woman, The People’s Forum, 13h (12h, horário de Brasília)

Dia 16: Marcha das Marielles em Boston, Community Church of Boston, 15h (16h, horário de Brasília)

Bogotá, Colômbia

Justicia para Marielle Franco! Bogotá, Colombia,

Plaza de Bolívar, 18h (16h, horário de Brasília)

21/03

Zurique, Suíça

Diálogo: Ativismo, resistência e resiliência nos espaços da política institucional com Mônica Francisco, Sihlquai, 125, 18h30 (22h30, horário de Brasília)

Fonte: Brasil 247

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário