Brasil

Conselho investigará violação a direito de defesa de Lula

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) decidiu, nesta quinta-feira (11/7), abrir uma sindicância para analisar a possibilidade de violação no direito à defesa do ex-presidente Lula.

O CNDH designou como relator o conselheiro Leandro Gaspar Scalabrin, que deverá focar sua análise na perspectiva de violação de direitos humanos, devendo apresentar seu relatório em plenário, sem data definida. A informação foi divulgada pelo jornalista Marcelo Menna Barreto, do site Jornal Extra Classe.

O colegiado se baseou em denúncia recebida no dia 10 de junho, que afirmava que houve seletividade, discriminação e violações de direitos humanos e princípios constitucionais pela Justiça Brasileira, contidas nas reportagens do The Intercept Brasil.

Os arquivos vazados incluem mensagens privadas, gravações em áudio, vídeos, fotos, documentos judiciais e outros itens – enviados por uma fonte anônima, publicitando conversas de integrantes da força-tarefa da ‘lava jato”, coordenada pelo procurador Deltan Dallagnol, em colaboração com o atual ministro da Justiça, Sergio Moro.

Fonte: Brasil 247

Print Friendly, PDF & Email

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário